21.9 C
Gaspar
21/05/2222

Polícia Civil investiga troca de corpos no Alto Vale

Na manhã desta terça-feira (16), a Polícia Civil da Comarca de Ascurra foi acionada para verificar uma possível troca de corpos observada por familiares de uma idosa, cujo velório estava sendo realizado no bairro Ilse, em Ascurra.

Durante o velório, os familiares da idosa perceberam algo estranho, principalmente em relação a aparência física da mulher, e acabaram confirmando que a pessoa velada naquele momento não era de sua família.

A Polícia Civil compareceu ao local do velório e encaminhou as pessoas (familiares e responsáveis pela funerária) para a Delegacia de Polícia para esclarecer o que de fato havia ocorrido e identificar o paradeiro do verdadeiro corpo da idosa moradora de Ascurra.

Durante as diligências, foi possível identificar através de exames papiloscópicos que o corpo da idosa encontrado em Ascurra pertencia a uma família de Presidente Getúlio e que o corpo enterrado na cidade de Presidente Getúlio era da idosa moradora de Ascurra.

As circunstâncias da troca dos corpos e a respectiva investigação prosseguirão na Delegacia de Ibirama, considerando que a suspeita é de que o fato ocorreu nas dependências do Hospital Valdomiro Colautti.

Em nota oficial a unidade hospitalar se manifestou sobre o caso:

“O Hospital Doutor Waldomiro Colautti vêm a público prestar os devidos esclarecimentos quanto aos óbitos ocorridos na data de ontem nesta unidade hospitalar.

Às 9:30h, a paciente E.W., 92 anos, residente de Ascurra, foi a óbito no Setor da Clínica Médica e em seguida encaminhada ao necrotério da unidade, devidamente identificada.

Posteriormente, às 11:20h a paciente I.M., 94 anos, residente de Presidente Getulio, também foi a óbito no mesmo setor, sendo mantida na enfermaria, até a remoção do primeiro corpo no necrotério.

Comunicado os óbitos as famílias, e estas contactaram as funerárias de suas escolhas, para o acolhimento e translado do corpos.

A funerária de Presidente Getulio, contactada pela família de I.M., chegou ao hospital antes da funerária contratada pela família de Ascurra, e equivocadamente, sem ter realizado a identificação, levou o corpo da paciente E.W. para preparo, velório e enterro, que ocorreu em Presidente Getulio.

Após o corpo da paciente I.M. foi encaminhado ao necrotério, onde a funerária contratada pela família de Ascurra, levou o corpo de I.M. para preparo, velório e enterro em Ascurra, ocorrendo nesse momento o segundo equívoco.

A paciente E.W. foi velada e enterrada em Presidente Getulio.

A paciente I.M. foi velada em Ascurra, mas sendo reconhecida pelo neto, o Sr Marcos, como não sendo sua avó, contactando o Hospital Dr Waldomiro Colautti na data de hoje, para esclarecimento dos fatos.

Em virtude, da constatação da troca de corpos, o hospital, de imediato, contactou seus funcionários para checagem dos fatos ocorridos, bem como as funerárias e os familiares das pacientes em questão, alem da assessoria jurídica do Estado, entre os horários de 10:30 e 12: 00hs.

Nas dependências do hospital, quando da chegada dos familiares, prontamente foram atendidos e feitos esclarecimentos a ambas as famílias, sobre o terrível fato ocorrido, bem como, feito um pedido formal de desculpas as mesmas, haja vista não ter havido nenhuma intenção de todos os envolvidos no acontecido (hospital e funerárias).

Ratificamos que o Hospital Doutor Waldomiro Colautti realizou todos os protocolos de identificação dos corpos, como preconizado pelo Núcleo Interno de Segurança do Paciente.  O Hospital Doutor Waldomiro Colautti lamenta profundamente o ocorrido, ofertando todo o suporte para as famílias e dando os encaminhamentos necessários.

Informamos que dispomos das imagens das câmeras de segurança aonde comprova-se que os corpos estavam devidamente identificados”, encerra a nota.

 

Notícias Relacionadas

STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

Gaspar lança programa habitacional Lar Seguro

Levar dignidade e segurança para as pessoas, esse é o intuito do novo programa habitacional “Lar Seguro” lançado nesta quarta-feira, dia 18. A oficialização...

Prefeitura mantém aberto abrigo temporário para pessoas em situação de rua

A Secretaria de Assistência Social, informa que o abrigo temporário para pessoas em situação de rua ficará aberto na noite desta quinta-feira, dia 19,...
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

Gaspar lança programa habitacional Lar Seguro

Levar dignidade e segurança para as pessoas, esse é o intuito do novo programa habitacional “Lar Seguro” lançado nesta quarta-feira, dia 18. A oficialização...

Prefeitura mantém aberto abrigo temporário para pessoas em situação de rua

A Secretaria de Assistência Social, informa que o abrigo temporário para pessoas em situação de rua ficará aberto na noite desta quinta-feira, dia 19,...

Vacinação em SC: Idosos com 60 anos ou mais podem tomar a segunda dose de reforço contra a Covid-19

A segunda dose de reforço para idosos com 60 anos ou mais pode ser aplicada a partir desta quinta-feira, 19, seguindo a recomendação do...

Iniciada a campanha salarial dos trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e Gaspar

Os trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e Gaspar deram início, nesta quarta-feira (18), à campanha salarial 2022/2023, com a realização de assembleia geral...
Envie uma mensagem!
Envie uma mensagem!