21.5 C
Gaspar
20/05/2222

Inflação de famílias pobres é três vezes maior do que dos mais ricos

A taxa de inflação de famílias com renda muito mais baixa chegou a 0,98% em setembro deste ano, três vezes superior à observada entre a classe com renda alta (0,29%). A constatação é do Indicador de Inflação por Faixa de Renda do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado hoje (14).

As famílias com renda muito baixa são aquelas com rendimento domiciliar mensal inferior a R$ 1.650,00. Já as famílias com renda alta são aquelas com rendimento superior a R$ 16.509,66 por mês.

A pesquisa do Ipea constatou que a inflação aumentou, de agosto para setembro, em todas as faixas de renda. Ela foi maior entre as pessoas com renda muito baixa, principalmente por causa da alta de preços dos alimentos, que responderam por 75% da taxa de inflação de setembro. Tiveram aumento de preços no mês, produtos como arroz (18%), óleo (28%) e leite (6%).

No acumulado do ano, a disparidade é ainda maior. Enquanto os mais pobres sentiram um aumento de preços de 2,5% na sua cesta de compras, os mais riscos tiveram alta de apenas 0,2%. Entre os alimentos que mais influenciaram essa alta de preços estão arroz (com alta de 41% no ano), feijão (34%), leite (30%) e óleo de soja (51%).

Outro grupo que influenciou essa alta de preços maior para os mais pobres foi habitação, com inflações em produtos como materiais de limpeza (1,4%) e gás de botijão (1,6%).

Já entre os mais ricos, os alimentos e gasolina (com alta de 2%) também tiveram um impacto, mas a inflação foi aliviada por quedas de preços de itens como plano de saúde (-2,3%), mensalidades dos cursos de idioma (-1,5%) e de informática (-1,6%).

No acumulado do ano, enquanto a inflação das famílias mais pobres aponta alta de 2,5%, a taxa de variação registrada pela classe de renda mais alta é apenas 0,2%.

Notícias Relacionadas

STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

Gaspar lança programa habitacional Lar Seguro

Levar dignidade e segurança para as pessoas, esse é o intuito do novo programa habitacional “Lar Seguro” lançado nesta quarta-feira, dia 18. A oficialização...

Prefeitura mantém aberto abrigo temporário para pessoas em situação de rua

A Secretaria de Assistência Social, informa que o abrigo temporário para pessoas em situação de rua ficará aberto na noite desta quinta-feira, dia 19,...
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

Gaspar lança programa habitacional Lar Seguro

Levar dignidade e segurança para as pessoas, esse é o intuito do novo programa habitacional “Lar Seguro” lançado nesta quarta-feira, dia 18. A oficialização...

Prefeitura mantém aberto abrigo temporário para pessoas em situação de rua

A Secretaria de Assistência Social, informa que o abrigo temporário para pessoas em situação de rua ficará aberto na noite desta quinta-feira, dia 19,...

Vacinação em SC: Idosos com 60 anos ou mais podem tomar a segunda dose de reforço contra a Covid-19

A segunda dose de reforço para idosos com 60 anos ou mais pode ser aplicada a partir desta quinta-feira, 19, seguindo a recomendação do...

Iniciada a campanha salarial dos trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e Gaspar

Os trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e Gaspar deram início, nesta quarta-feira (18), à campanha salarial 2022/2023, com a realização de assembleia geral...
Envie uma mensagem!
Envie uma mensagem!