25 C
Gaspar
27/01/2222

Clientes da Celesc podem parcelar faturas em atraso no cartão de crédito

Está disponível na Celesc, a opção de pagamento parcelado das faturas de energia elétrica em atraso, por meio de cartão de crédito. A medida traz mais conforto aos clientes, pois amplia suas opções para pagamento e dá mais agilidade ao atendimento presencial, já que a negociação pode ser feita em aproximadamente 80 Lojas de atendimento e Unidades da Celesc, em todas as regiões do estado incluindo a central de atendimento da rua Itajaí em Gaspar.

“A Celesc tem uma finalidade social e pública de importância para a comunidade, por isso, ações como essa, que apoiam os consumidores e ajudam a reduzir a inadimplência, são muito importantes e representam um grande passo na qualidade no relacionamento entre eles e a empresa. Antes desse recurso, o cliente somente poderia negociar o parcelamento da fatura mediante uma entrada de 33% do valor do débito e efetuar o pagamento em casas lotéricas ou agências bancárias”, explica o gerente do Departamento Econômico-financeiro, Fernando Yamakawa.

Como funciona

O parcelamento via cartão de crédito está autorizado apenas para as faturas de energia elétrica inadimplentes (com pagamentos em atraso), por CPF do solicitante ou unidade consumidora (UC), que deverá estar ativa (ligada ou com a energia cortada por falta de pagamento, não podendo estar, atualmente, sem vínculo com a Celesc). Ou seja, aos clientes com as contas em dia não será permitido parcelar a fatura.

Consumidores dos Grupos A (unidades consumidoras com fornecimento em tensão igual ou superior a 2,3 kV, como grupo industrial, comercial, serviços e outras atividades) e B (consumidores com fornecimento em tensão inferior a 2,3 kV, como grupos residenciais, rurais, serviço público, iluminação pública) podem aderir a essa modalidade de pagamento, com parcelas de 5 a 12 vezes, sem entrada, para débitos entre R$ 450 e R$ 10 mil. De acordo com Yamakawa, a iniciativa permite que o cliente faça a negociação e o pagamento sem que haja necessidade de uma entrada de 33% do valor da fatura em aberto, procedimento exigido na negociação padrão com a empresa, quando o pagamento não é realizado com cartão de crédito.

Notícias Relacionadas

Após reparo emergencial, trecho da Dr. Nereu Ramos é liberado em ambos os sentidos

A Prefeitura de Gaspar, através da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos e do Serviço Municipal Autônomo de Água e Saneamento - SAMAE, concluiu...

Estudantes devem realizar recadastramento do vale transporte escolar

A Diretoria de Transporte Coletivo informa aos pais e responsáveis de alunos que utilizam o transporte coletivo, que devem realizar o cadastro e recadastro...

Tempo muda e chuva retorna ao Vale do Itajaí nesta quinta-feira

A quinta-feira será de mudanças no clima do Vale do Itajaí, a passagem de uma nova frente fria pelo litoral de SC favorece a...
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Após reparo emergencial, trecho da Dr. Nereu Ramos é liberado em ambos os sentidos

A Prefeitura de Gaspar, através da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos e do Serviço Municipal Autônomo de Água e Saneamento - SAMAE, concluiu...

Estudantes devem realizar recadastramento do vale transporte escolar

A Diretoria de Transporte Coletivo informa aos pais e responsáveis de alunos que utilizam o transporte coletivo, que devem realizar o cadastro e recadastro...

Tempo muda e chuva retorna ao Vale do Itajaí nesta quinta-feira

A quinta-feira será de mudanças no clima do Vale do Itajaí, a passagem de uma nova frente fria pelo litoral de SC favorece a...

Rua Dr. Nereu Ramos será interditada nesta quarta

A Rua Dr. Nereu Ramos será interditada para tráfego nesta quarta-feira a partir das 14h pelo de período de aproximadamente dois dias. Durante serviços...

Ditran orienta sobre vistorias dos veículos de transporte escolar

Com o início do ano letivo, a Prefeitura de Gaspar, por meio da Superintendência de Trânsito (Ditran) informa que os motoristas e empresas que...
Envie uma mensagem!
Envie uma mensagem!