21.5 C
Gaspar
20/05/2222

Governo vai iniciar cobrança de quem recebeu auxílio emergencial indevidamente

O governo federal vai enviar nos próximos dias mensagens SMS para 2,6 milhões de brasileiros que receberam indevidamente o auxílio emergencial.

O objetivo é cobrar a devolução dos valores, embolsados por pessoas que não faziam jus à ajuda criada pelo governo durante a pandemia da covid-19. Se cada um restituir pelo menos uma parcela de R$ 600, o valor recuperado chegaria a R$ 1,574 bilhão.

A estratégia está sendo montada pelo Ministério da Cidadania, responsável pelo auxílio emergencial. A pasta pediu o apoio da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia para o envio dos SMS.

De acordo com o documento, a Cidadania identificou a necessidade de cancelar o repasse do auxílio aos 2,6 milhões de beneficiários que haviam se cadastrado pelo aplicativo desenvolvido pela Caixa, mas não tinham direito ao benefício. Os nomes foram indicados por órgãos de controle ou rastreados pela auditoria interna do governo.

A lista será repassada ao Ministério da Economia, que usará um contrato já existente para o envio de SMS para executar a operação.No ofício, o Ministério da Cidadania explica que foi definido o prazo de contestação do cancelamento do auxílio emergencial até 16 de novembro. Em caso de não haver contestação, o cidadão deve devolver os recursos recebidos indevidamente.

Segundo o ofício da Cidadania, a previsão é que sejam enviadas cerca de 4,8 milhões de mensagens, considerando a possibilidade de ser necessário encaminhar um reforço da cobrança.

O governo federal lançou um site para facilitar a devolução dos valores recebidos indevidamente. Para isso, é preciso informar o CPF e gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) a ser paga em qualquer outro banco.

Notícias Relacionadas

STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

Gaspar lança programa habitacional Lar Seguro

Levar dignidade e segurança para as pessoas, esse é o intuito do novo programa habitacional “Lar Seguro” lançado nesta quarta-feira, dia 18. A oficialização...

Prefeitura mantém aberto abrigo temporário para pessoas em situação de rua

A Secretaria de Assistência Social, informa que o abrigo temporário para pessoas em situação de rua ficará aberto na noite desta quinta-feira, dia 19,...
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

Gaspar lança programa habitacional Lar Seguro

Levar dignidade e segurança para as pessoas, esse é o intuito do novo programa habitacional “Lar Seguro” lançado nesta quarta-feira, dia 18. A oficialização...

Prefeitura mantém aberto abrigo temporário para pessoas em situação de rua

A Secretaria de Assistência Social, informa que o abrigo temporário para pessoas em situação de rua ficará aberto na noite desta quinta-feira, dia 19,...

Vacinação em SC: Idosos com 60 anos ou mais podem tomar a segunda dose de reforço contra a Covid-19

A segunda dose de reforço para idosos com 60 anos ou mais pode ser aplicada a partir desta quinta-feira, 19, seguindo a recomendação do...

Iniciada a campanha salarial dos trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e Gaspar

Os trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau e Gaspar deram início, nesta quarta-feira (18), à campanha salarial 2022/2023, com a realização de assembleia geral...
Envie uma mensagem!
Envie uma mensagem!